A escola é VIDA!

De facto a escola é VIDA… e é na vida que aprendemos a viver!

Aprendemos que há regras que temos de cumprir e respeitar; que viver com liberdade implica responsabilidade… aprendemos na escola trazendo para a sala de aula muitas das situações do dia-a-dia duma sociedade moderna.

Foi uma dessa situações que vivemos no dia 15 de Novembro, com a realização de eleições de seis alunos como responsáveis por tarefas que , todos os dias, são importantes para o bom funcionamento das actividades lectivas.

Através de voto secreto elegemos o delegado e subdelegado de turma (representantes da turma); dois responsáveis pelos materiais escolares e outros dois pela distribuição do leite escolar.

Esta não foi a primeira eleição que fizemos com esta finalidade (todos os meses os “cargos” vão a votos), mas desta vez fizemos tudo de forma mais formal e “oficial”.

No final da sessão foi lavrada acta que, depois de lida e aprovada, foi assinada por todos os intervenientes no acto eleitoral.

Aqui fica a acta para quem a quiser apreciar e comentar:


Isabel Almeida, 27/Nov./2010

Já se passaram alguns meses desde que a acta relativa à eleição dos diferentes representantes da turma do 2º A aqui foi colocada.

Após a reunião referida na acta, mais duas foram realizadas para o mesmo efeito. De cada reunião foi elaborada uma acta que foi lida por toda a turma (cada aluno leu uma parte) e passada para o Caderno Diário dos Alunos.

Hoje deixo aqui a imagem da acta relativa à terceira eleição (com acta) dos responsáveis pela turma.

É extremamente interessante verificar que os alunos começam a reconhecer os termos que, regra geral, são utilizados na elaboração de uma acta, que sendo um documento escrito, não deixa de ser um texto.

Como o Currículo Nacional apela à realização de diferentes tipos de textos a serem produzidos e lidos pelos alunos, por que não uma acta?

Isabel Almeida, 13/Fev./2011

4 respostas a A escola é VIDA!

  1. Ana Carla Vilhena Garcia diz:

    Mais uma vez uma iniciativa de louvar, uma vez que permitiu aos alunos aprenderem através do contacto com a realidade e as necessidades inerentes a esta: aprender fazendo (saber ser, saber estar, saber viver). Muitas aprendizagens fazem-se através destes contextos “informais”, de muita importância e responsabilidade.

    • Boa tarde Dra. Carla.
      Mais uma vez obrigada pelo seu comentário.
      Como já o tenho dito, a escola não pode estar desligada do que se passa fora dos seus portões.
      A escola (não sendo a única) tem de facto uma enorme responsabilidade na formação que dá aos seus alunos, pois dessa formação depende (também) a forma como os alunos se vão inserir e comportar em sociedade.
      Nesse âmbito, fazer eleições, lavrar actas faz parte da vida na sociedade e os alunos, ao fazê-lo em sala de aula, estão a construir/realizar aprendizagens, contextualizadas, passíveis de num futuro próximo serem necessárias.
      Isabel Almeida

  2. Ana Carla Vilhena Garcia diz:

    Este fim-de-semana lembrei-me de uma (duas) coisas que gostava de partilhar…
    Julgo que é neste capítulo “Escola é Vida” que melhor se enquadram estas minhas sugestões/ideias.
    São notórios os desafios que os alunos desta turma tem tido no domínio das novas técnologias e nas várias aprendizagens que aí têm feito. Neste blogue a professora teve já a oportunidade de referir o quanto lamenta não haver acesso à internet na sala de aula, no sentido de poder incentivar os seus alunos a colocarem os próprios trabalhos no mesmo. Parece-me a mim que é uma pena não aproveitarmos todos, o recurso humano que este ano temos. Assim, gostaria de saber a opinião da professora e dos encarregados de educação, face ao que seria necessário os pais implementarem para que fosse possível conseguir internet na sala de aula. Podia ser que o Pai Natal se lembrasse de nós…. Se os pais se mobilizarem com o apoio da professora e os seus contactos, talvez fosse possível!?
    O segundo aspecto refere-se à sugestão desta turma elaborar, com o apoio da professora , um jornal que seria editado neste blogue; com fotos, desenhos e textos elaborados pelos alunos, com periodicidade a defenir. Os encarregados de educação também seriam convidados a participar (textos, entrevistas a profissionais de áreas distintas, etc) de modo a estarem também mais envolvidos neste blogue, de acordo com as suas disponibilidades.
    São apenas ideias…

    • Boa noite Ana Carla.
      Só neste momento (21.10h) tive tempo para ler o seu comentário.
      Relativamente às duas propostas que faz, vou procurar dar a minha opinião muito sincera:
      1. Eu adorava ter Internet na sala de aula, para poder trabalhar com os alunos diferentes aspectos das TIC (Tecnologias de Informação e Formação) cumprindo assim o Currículo Nacional. Inclusivamente recorrer à Internet para “promover” nos alunos algumas competências, nomeadamente, pesquisa de informação sobre as temáticas em estudo nas diferentes áreas (Ciências, Matemática, Formação Cívica…) e ter a sua participação mais activa no blogue, sendo eles a colocar os textos, os seus trabalhos, as fotos … Infelizmente, sei que isso não é possível devido à contenção de despesas a que a escola está sujeita. Pessoalmente, sei que esta situação NÃO DEPENDE do Director da escola. Por isso, não vejo de que forma os pais poderão alterar a situação. Há uma possibilidade que é a dos alunos terem uma Pen Drive para através do Magalhães acederem eles à Internet.
      2. No que concerne à segunda ideia, a edição do jornal para editar neste blogue, estou totalmente aberta à sugestão. Só tenho um senão… vou mesmo precisar do apoio dos pais/encarregados de educação, pois isso implica algumas horas de trabalho e, a partir de Janeiro, a nível de Agrupamento, eu vou exercer funções de “Relatora” no âmbito da avaliação de professores do 1º Ciclo, o que implica mais reuniões, mais documentos a fazer, mais trabalho…
      De resto, não tenho nada a opor e penso que seria interessante ter um jornal online a realizar com a trilogia alunos, professora e pais.
      Seria não só interessante, como motivador para os alunos e um bom desafio, pois todos estaríamos a aprender num contexto que é sempre enriquecedor.
      Boa noite.
      Isabel Almeida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s